segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Reflexão: ... Se estes se calarem, as pedras clamarão... Chorou sobre ela...

...dizendo: Bendito o Rei que vem em nome do Senhor; paz no céu, e glória nas alturas.

Nisso, disseram-lhe alguns dos fariseus dentre a multidão: Mestre, repreende os teus discípulos.

Ao que ele respondeu: Digo-vos que, se estes se calarem, as pedras clamarão.

E quando chegou perto e viu a cidade, chorou sobre ela... (Lucas 19.38-41)

Escrevi esse texto ontem à tarde... É uma reflexão de frente pro mar da praia...

Eu estou pensando muito na geração. Confesso que estou vivendo uma fase de transformação, percebendo mais ainda a responsabilidade que tenho com ela (geração). Tenho ido a alguns lugares no Brasil e sempre encontro um clamor saindo do interior deles, que soa pra mim como: “Hosana! Salva-nos, Senhor!”. Às vezes fico até angustiado. Estou partindo para o vai ou racha, percebo que não tenho mais vida própria e ela foi invadida pelo meu chamado e comissionamento.

Assim que me sinto "invadido", estou procurando por outros que estejam se sentindo assim. Quero me juntar a eles. Estou abandonando meus projetos pessoais e abraçando os coletivos, mesmo que esses projetos coletivos sejam os mesmos que os que tenho projetado; estou procurando me encontrar. Jesus afirmou neste texto de Lucas: não tem como parar, vai acontecer, esse clamor está empurrando algo (por isso percebo que Deus não está mais com pressa, já está definido, o império das trevas, agora sim, está correndo). Acredito que aquele clamor empurrava também Jesus pra cumprir mais uma etapa, mais um ciclo, pra dar mais um passo. No evangelho de João está registrado o que Jesus disse: ...Pois vos digo que importa que se cumpra em mim o que está escrito: Ele foi contado com os malfeitores. Porque o que a mim se refere está sendo cumprido. (Lucas 22:37) Apesar de não ser algo que vinha de todos, Ele se movia por existir um clamor. Há um clamor que não vai ser calado enquanto não for atingindo o propósito. Bom, é isso... Sei quem sou... Estou certo disso.

Lembre-se de uma coisa: se estes se calarem, as pedras clamarão.

2 comentários:

victorino disse...

No domingo, estava sentada na congregação,olhando para eles...e uma voz gritava no meu espirito :"Hosana!"...e eu pensava tbm em minha responsabilidade com esta geração...
hj li esta mensagem que vc postou...e entendi melhor...AH!!!Uma coisa que tenho observado...mães jovens estão morrendo...e seus filhos bem novvinhos, tipo de 3 anos para baixo têm sobrevivido...acho que este é um sinal fortede que uma geração está sendo levantada para prevalecer sobre as portas do inferno...e os seus geradores devem estar disponíveis a darem suas vidas,para que isto realmente se manifeste neste tempo...será isto mesmo?

Jonice disse...

Lembra de JONAS? Tinha uma missão dada por Deus, mas ele por suas convicções não obedeceu por vontade própria. E Deus esperou. Diante das dificuldades que foi colocada no caminho de Jonas, ele caiu em si, clamou ao Senhor e viu que quem está no comando é Jesus. Ele mandou. Vá; não relute, adiante seu lado, pois vc precisa ir enfrente e ir pra outra etapa, pois d´pois desta virá outras tarefas que Deus te dará e mais importante do que esta. Fique atento: Estas na faculdade e lá na frente tem o PÓS. Jesus ainda tem grandes coisas na tua vida.